DIABETES E IMPOTÊNCIA SEXUAL

DIABETES E IMPOTÊNCIA SEXUAL

impotência ou disfunção erétil é a incapacidade de obter ou manter a ereção necessária para relação sexual. Isso ocorre com a maioria dos homens em algum momento da vida, e atinge com maior frequência pessoas com diabetes.

Tem um conjunto de fatores que contribuem para impotência, tais como:
Alteração na circulação;
Sensibilidade na região peniana;
Aterosclerose;
Estresse e ansiedade;
Descontrole da glicemia;
É importante sempre ter o acompanhamento médico e o controle da glicemia, pois quando temos uma grande quantidade de açúcar no sangue isso pode prejudicar não só os órgãos sexuais, mas também rins, nervos, coração, vasos sanguíneos etc.

A impotência pode ser resultado das complicações nos vasos sanguíneos, onde há o entupimento dos vasos (aterosclerose) pelo acúmulo de gordura dentro das paredes e até a sensibilidade dos nervos que estimula a ereção.

Saiba mais: Androzene comprar

É comum se sentir triste e diminuido mediante essa situação, que pode abalar a relação com os parceiros. Mas é importante dizer que existe tratamento, que não é vergonha procurar ajuda, inclusive psicológica. Pelo contrário, é corajoso procurar ajuda e entender o que pode ser feito, com saúde, junto com a sua equipe médica.

O que é possível ser feito para impotência?
Uma das formas de tratamento são:

Alimentação saudável e equilibrada;
Controlar os níveis de açúcar no sangue;
Uso de medicamentos corretamente (prescrito pelo médico);
Praticar exercício físico (converse com seu médico primeiro);
Ter um acompanhamento da sua equipe médica;
Quando você perceber os sinais de disfunção erétil, fale com seu médico isso faz com que tenha maior chance de sucesso do tratamento. Em alguns casos é necessário o uso de medicamentos para ajudar a circulação na região genital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *